‘CS:GO’: Luminosity bate Na’Vi e conquista primeiro major de sua história

Com a conquista a LG faz história e se torna a equipe a ser batida no CS:GO

Quase 10 anos depois da vitória da mibr na ESWC 2006, o Brasil volta a ter um campeão mundial de Counter-Strike. A Luminosity Gaming venceu a Natus Vincerepor 2 a 0 e faturou a MLG Columbus 2016, seu primeiro título internacional.

Os brasileiros levaram a de_mirage na prorrogação por 19-17 e a de_overpass com um sonoro 16-2. Com o resultado, a equipe fatura U$ 500 mil dólares e conquista o primeiro major para o Brasil no CS:GO.

Destaque dos jogos decisivos, Marcelo “coldzera” David foi eleito o melhor jogador da competição. A atuação na final foi a cereja no bolo para cold, mas toda a equipe foi brilhante durante a competição, principalmente Gabriel “FalleN” Toledo e Epitácio”TACO” Filho.

A Natus Vincere, com a derrota, leva U$ 150 mil dólares para casa. Sumido, Ladislav”GuardiaN” Kovács, dessa vez não foi páreo para o poderio ofensivo brasileiro. Essa foi a segunda decisão envolvendo as equipes em 2016, na DreamHack Open Leipzig, foram os europeus que levaram a melhor.

Raio-x da partida

Começando como CTs na de_mirage, a Na`Vi abriu uma vantagem confortável enquanto a Luminosity não se encontrava na partida. Os europeus fizeram 5-0 antes dos brasileiros pontuarem pela primeira vez.

O round vencido pela LG não mudou muito o panorama da primeira etapa, que seguiu com domínio dos adversários. Egor “flamie” Vasilyev comandou as ações e defendeu bem os bombsites, fazendo com que a Na`Vi finalizasse a primeira etapa em 11-4.

Após a virada de lados, a Luminosity voltou a mostrar o incrível poder de reação das semifinais e foi buscar o resultado. coldzera comandou uma sequência de rounds vencidos e nem mesmo os pontos conquistados pela Na`Vi foram capazes de quebrar a economia brasileira.

Depois de passar à frente no placar por 13-12, a LG acabou desperdiçando a chance de ir ao match point e viu os adversários empatarem em 14-14. No eco, os brasileiros acabaram perdendo e deram a chance dos adversários fecharem a partida. Mesmo sem uma compra completa, a Luminosity foi capaz de derrubar todos os adversários e levar a partida para a prorrogação.

A Na`Vi, jogando como terrorista, venceu o primeiro round da prorrogação, mas a Luminosity empatou já no round seguinte. No terceiro ponto do tempo extra, a LG abateu todos os adversários, mas não houve tempo suficiente para desarmar a C4 e a Na`Vi passou a frente novamente, 17-16.

Jogando no lado terrorista, a Luminosity foi perfeita. Venceu os três rounds e levou ade_mirage por 19-17.

Na de_overpass, os brasileiros deram um verdadeiro show. Depois de vencer o pistol no lado CT, a equipe embalou e abriu 7-0 no placar, com direito a 11 abates e nenhuma morte para cold. Os europeus pontuaram pela primeira vez, mas não foi o suficiente para iniciar uma reação.

FalleN, cold e Fernando “fer” Alvarenga continuaram a atuação incrível, anulando todas as tentativas de jogada da Na`Vi, e a primeira etapa terminou em 13-2.

Jogando no lado terrorista, os brasileiros se certificaram de levar mais um pistol round e estenderam a vantagem, chegando rapidamente ao match point. Com 15-2 no placar,TACO fechou o torneio em grande estilo vencendo um 2 contra 1 e declarando a Luminosity Campeã Mundial.

Fonte: Clique aqui